Simplesmente Ciana: Indefinida

Indefinida

Não me iludo na minha loucura
Sou mel, sou fel
Inconstância pura.

Sou companhia, sou solidão
Tenho medo, ora me entrego
Sou pedra e coração.

Recuo ou me jogo
Sou música alta, mas me encontro no silêncio
E muitas vezes me afogo.

É que nada nesse mundo cabe em mim
Não possuo definição
Sou um paradoxo sem fim.

Ciana Andrade

Comentários do Facebook
0 Comentários do Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *