Simplesmente Ciana: Única

Única


Sempre fui fascinada pelo novo, pelo diferente...
O incomum me desperta interesse.
Nunca fui como a maioria das pessoas...
Sempre estive em outro compasso.

Quando estavam além, eu permanecia inerte.
Quando estavam estáticos, eu caminhava...
Na verdade nunca me importei com essa sincronia.
Sei muito bem que não nasci para ser igual a ninguém.

A caixa que abro nunca será como a sua.
Vejo outras cores, sinto outros aromas...
Não queira ser como eu
Sou única na minha essência de ser.

Ciana Andrade 

Comentários do facebook
7 Comentários do Blogger

7 comentários:

  1. Amei o poema, muito legal ! Beijos Maitê
    https://maiteaissa.wordpress.com/ - visite meu blog , ele ta cheio de novidades !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Maitê! Daqui a pouco visito o seu. bjs

      Excluir
    2. Maitê comentei em dois posts seus, mas não apareceu depois vc confere lá. bjs

      Excluir
  2. Retribuindo a visitinha rsss
    Me identifiquei totalmente, Ciana!!!
    Também sou assim, odeio a ideia de ser igual, gosto do diferente, do inusitado, do inovador rss
    Adorei o poema!!!

    Beijão.
    MF Beauté

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom Mariana que gostou. Agradeço pela visita e volte sempre que quiser. bjs

      Excluir
  3. Que lindo, verdade somos todos únicos.
    Blog: vidadecristao1.blogspot.com

    ResponderExcluir



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *