Simplesmente Ciana: A Rosa despedaçada

A Rosa despedaçada


Nos jardins da vida surgiu um galanteador
Fiquei encantada e colheu-me em nome do amor
Pôs em mim uma argola
Me senti como Rosa de Cartola.

Eu era a mais bela das flores
De todos os seus outros amores
Tudo parecia um sonho
Até que me disse eu imponho.

Fui perdendo o perfume
E tudo virou ciúme
Cada dia um hematoma
Até que me prendeu em uma redoma.

Virei Rosa desbotada
E eu  pensava que era amada
Porém foi tudo ilusão
E só percebi quando vi todas as minhas pétalas no chão.


 Ciana Andrade





Dedico este poema a todas as Rosas, mulheres vítimas de violência. Sei que é difícil, mas se não quebrarem a redoma do medo e da dor, nunca poderão buscar um outro jardim. Denunciem seus agressores e busquem sua felicidade!









Comentários do facebook
33 Comentários do Blogger

33 comentários:

  1. Meu Deus....Que riqueza mulher! Ainda vou escrever assim ^^ Muito bom, bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha só você né Thato até parece porque você escreve muito bem.rsrs
      Obrigadaaaa! bjs

      Excluir
  2. Oi, tudo bom?! Me chamo Daniel e conheci seu cantinho agora. Gostei muito *-*
    Amei o poema, muito delicado e belo ♥
    Se puder visitar meu blog, fico feliz. Já segui o seu e irei vir mais vezes.
    Abraços !
    Meu blog : bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Que poema lindo! Amei, parabéns! Ah, e seu blog é maravilhoso, mulher, hahaha...

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Que poema mais lindo! Adorei demais ♡ Parabéns viu?!
    Um beijo grande pra ti ♡

    Blog Vanessa Bayer

    ResponderExcluir
  5. amei teu blog beijos ♥ seguindo venha conhecer meu blog e se poder siga www.mundodeanabella.com.br

    ResponderExcluir
  6. Uau! Fiquei emocionada, Ciana... quanta doçura com palavras que remetem a algo nada doce né?
    Fantástico!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Obrigada Taís!Uma triste realidade colocada nos versos. bjs

    ResponderExcluir
  8. Que poema maais lindo.

    bjuxxx
    www.taayvargas.com

    ResponderExcluir
  9. Aii que lindo, quem me dera escrever tão bem, tô adorando conhecer seu blog <3

    http://realcedagarota.blogspot.com.br/2016/03/meus-quatro-esmaltes-favoritos-da-vult.html

    ResponderExcluir
  10. Que poema lindo, Parabéns pela homenagem, achei perfeita tanto o poema, como a sua atitude de incentivo e conscientização. Que nossa sociedade possa ter um pensamento e atitudes não-preconceituosas. Que apredamos a mudar e propagar a mudança.
    vidadecristao1.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Heliza, você foi perfeita na sua colocação. Obrigada! bjs

      Excluir
  11. Apesar de escrever poesias acho muito difícil rimar, coisa que você fez divinamente bem. Adorei o poema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão rimar é difícil mas eu estava tão inspirada no dia que tudo fluiu rápido.Obrigada Tainan! bj

      Excluir
  12. Que poema mais lindo viu? Rico em datalhes e citações. O titulo que deu a ele é tão nostálgico e casou tão bem com o poema. Parabéns!


    www.cantinhob.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ingrid! Adoro Cartola, lembrei da música.rsrs bjs

      Excluir
  13. Amei *-*
    Toda mulher em algum momento da vida já se sentiu assim... Parabéns pela sua escrita, acho lindo poesia mas não sei fazer, sou mais de contos rs Beijos :* www.valeriadefranca.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Valéria! Você escreve contos? Vou ver depois então.bjs

      Excluir
  14. Eu amei o poema! Você escreve muito bem, já tinha visitado o blog antes e gosto muito! Beijos

    ResponderExcluir
  15. Caramba que poema lindo e triste. Pior ainda é por a maioria das coisas que você disse realmente acontecer na realidade :/
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  16. que poema mais lindo <3 mesmo a realidade que ele apresenta sendo muito ruim :( incrível a quantidade de mulheres que sofrem desse jeito!
    beijos :*
    http://memorialices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Que lindo, as vezes acontece de agente se deixar desbotar, as vezes sem perceber cega pelas proprias ilusões. Felizes são as rosas que conseguem perceber esse crime a tempo de renovar seus botões. Parabéns pelo post amei

    ResponderExcluir



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *