Simplesmente Ciana: TAG - Por que e para que eu me tornei Influenciadora Digital? #ProjetoDreamsHouse

TAG - Por que e para que eu me tornei Influenciadora Digital? #ProjetoDreamsHouse


Oi gente! Eu voltei para responder essa TAG muito especial. Sim ela é hiper, mega especial pois é a TAG que faz parte do Projeto Dreams House, idealizado pela querida Val Rodrigues que se reuniu com Chayene Martins, Paulla Macedo, Day Villas Boas e Luiz Henrique para organizar esse projeto lindo. O projeto também  conta com as madrinhas: Jaqueline Fernandes, Glaucia Sioli, Amanda Morbeck, Andressa Chaban, Leandra Lívia, Carolina Carvalho e Fernanda Monteiro.

Mais o que seria esse projeto? Ah é a Casa dos Sonhos, onde os selecionados irão passar um final de semana com esse time de influenciadores digitais, trocando ideias, interagindo, aprendendo e gerando conteúdo. Não é maravilhoso? Se vocè é blogueiro, youtuber ou instagrammer e quer conhecer mais sobre o projeto é só acessar Projeto Dreams House.


TAG - Por que e para que eu me tornei Influenciadora Digital?




Ai Senhor! Que pergunta difícil de responder. Me faz lembrar de tantas coisas... Bom, tudo tem um começo, não é? Então senta que lá vem história. rsrs

Eu nunca gostei muito de língua portuguesa, sempre fui péssima em interpretação de textos, na verdade eu nunca concordei em ser limitada na minha percepção sobre o texto, tenho uma imaginação muito fértil e acho que questões objetivas demais não combinam com a minha mente, pelo menos quando se trata de textos. Por incrível que pareça eu prefiro os números, quase cursei matemática e acabei optando por ciências contábeis. Parece um pouco contraditório para alguém que escreve falar essas coisas, mas é verdade.

Eu comecei a escrever poesias no início da adolescência e quase no final da mesma parei de escrever, joguei tudo fora, inclusive meus diários. Fiquei realmente muito tempo sem escrever nada, nem lembro nem o porquê. E com a chegada da internet na minha vida passei a escrever alguns pensamentos no falecido orkut e depois no facebook, e isso me causou muitos transtornos porque algumas pessoas pensavam que eram indiretas. As pessoas não entendem que nem tudo o que escrevemos é sobre nós e sobre elas.

Eu tive três páginas antes da fanpage do blog, mas somente na segunda e na terceira publiquei alguns poemas e pensamentos, já que a primeira era sobre make e produtos que eu vendia na época  que eu era representante de uma marca até então desconhecida, mas que hoje todos conhecem. Eu conheci muitas pessoas do mundo da fanpage e com o passar do tempo fui me estressando com a busca excessiva de likes, fsi, grupos. Existia uma pressão muito grande para estar no topo, estar em grupos, e eu já não estava bem devido a síndrome de pânico, me senti sufocada e larguei tudo.

E aí voltei a postar algumas coisas no meu facebook e depois de alguns ataques que sofri, onde "colegas" que estavam no meu facebook me vigiavam, e qualquer coisa que eu postava passava a ser a tal indireta, eu não tinha o direito de opinar, de discordar de nada, eu simplesmente excluí todos e entendi que o facebook era pequeno demais para os meus pensamentos, eu precisava de algo que pudesse guardar um pouco do que eu sentia e então decidi fazer o blog em 2015. O blog, na época o Pilateando Sonhos,  passou a ser o meu refúgio, a minha válvula de escape, a fuga de uma assédio velado que durante anos sofri. Eu não fiz o blog pensando em ter seguidores, em ser famosa, eu só coloquei o botão de seguir muitos meses depois, a pedido de uma leitora.

Eu fiz amizades na blogosfera, e incentivada por um grupo muito querido, a Confraria dos Blogueiros Escritores, hoje Confraria dos Blogs Autorais, eu comecei a escrever outros gêneros, além das poesias. Depois de um ano o nome do blog não fazia mais sentido, surgia então o Simplesmente Ciana, e tive a certeza que o meu refúgio não era mais a minha redoma, eu saí do casulo e bati as asas.

O blog teve alguns hiatos devido aos meus problemas de depressão, ansiedade, pânico, e o auge do assédio no meu trabalho. Até que iniciei  a minha terapia e durante as sessões eu percebi que algumas pausas eram necessárias para que eu pudesse ter fôlego e nadar no mar revolto. E às vezes era preciso deixar que a marola me levasse até a beira da praia.

No pouco tempo de blogosfera eu vi o bem e o mal, coisas que me deixavam muito feliz e outras que me entristeceram. Acabei usando isso como uma forma para lidar com esses opostos, exercitar uma forma de não me deixar abater porque eu não posso controlar o outro, mas posso aprender a me controlar e só deixar que o bem faça morada em mim. Então toda vez que percebia alguém se desfazendo de mim porque eu não tinha muitos seguidores e nem condições de estar em muitos eventos e muito menos com a roupa da moda, o cabelo perfeito, não tinha a câmera melhor e nem as amizades influentes no meio, eu pensava não são essas coisas que irão fazer eu desistir.

Hoje em dia, embora o blog ainda tenha como foco os meus textos autorais eu não considero um blog literário e sim um blog de variedades pois além dos meus textos, posto resenhas e abordo alguns temas do universo feminino. A minha plataforma é o blog, eu gosto de escrever, é a rede que mais me identifico. Entretanto, o canal é um projeto para futuro, é algo que não sei se combina comigo mas eu tenho vontade de me aventurar futuramente.

O porquê já foi contado mas o para que está sendo construído aos poucos, sei que muitas coisas estão por vir. Eu me considero criadora de conteúdo, compartilho o que eu uso e os meus textos tocam algumas pessoas, e  para mim não há nada que seja maior do que tocar o coração de alguém.


👀Minhas redes:
Instagram 💗  Google+  💗Youtube(Projeto Futuro)

E aí o que vocês acharam do Projeto Dreams House? Alguém já passou por alguma situação que relatei? Dá uma passadinha para conhecer o projeto, os organizadores e as madrinhas. Muita gente boa!!!

Beijinhosss

Comentários do facebook
32 Comentários do Blogger

32 comentários:

  1. Aah que legal essa TAG, legal saber também um pouco sobre você haha eu também sou pessima em interpretação de textos. Mas confesso que amo escrever haha amei o POST bjsss sucesso pra vc 💕

    ResponderExcluir
  2. Que linda a sua história. Às vezes a gente escolhe o curso na faculdade por pressão, por não saber o que fazer, temos que escolher muito cedo.
    Amei conhecer o seu blog! 🌸

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu caso nem foi pressão, foi a oportunidade que surgiu porque eu não tinha dinheiro de pagar uma particular e passei numa Federal, entre o Cederj de matemática, Veiga de Administração, escolhi ciências contábeis na UFF. Hoje em dia, tem mais opções de curso mas na minha época não tinha. Obrigada linda! Bjs

      Excluir
  3. Olá.
    Bem, eu me identifiquei bastante com você. Eu amo escrever e ler, mas faço enfermagem (tudo haver ). As pessoas criticam porq não combina sabe. Eu amo o blog, mas eu gostaria de tentar fazer vídeos e etc, mas infelizmente moro em um lugar pequeno, que não tem muitas coisas sabe, então conteúdo para o canal seria complicado e não teria eventos e tals, além da falta de uma câmera Boa. Mas eu quero tentar. Quem sabe dá certo e quem sabe que não. Eu quero chegar pessoas, ensinar e aprender com elas. Sei lá. Eu quero interagir e conversar sabe. É isso.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Thayla sem esses recursos fica mais complicado, vejo por mim e aqui onde eu moro também não tem nada, para eu ir em eventos tenho que gastar muito para ir ao Rio. Só que mesmo assim eu também tenho vontade de tentar, mas ainda não achei a forma ideal. Bjs

      Excluir
  4. Olá Ciana, desconhecia o projeto, mas já guardei para no final ir ler com atenção. Agora sobre o que você escreveu. Eu estava lendo e pensando, como é possível? Esse texto poderia ser escrito por mim. Me revi em tudo o que você escreveu... sinto igual a você.
    Adorei sua publicação.

    BeijinhoBom
    Paula Cardoso
    Magia nas Palavras ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula a inscrição já acabou mas você poderá acompanhar o projeto clicando no Projeto Dreams House, todos direcionam para o instagram, página e grupo do facebook. Com certeza terá outras edições, assim eu espero né.
      Bjs

      Excluir
  5. Olá!
    Nossa, que trajetória incrível. É bom ver que, mesmo com todas as dificuldades, você se manteve firme e seguiu em frente com o blog. Muito sucesso para você!

    ResponderExcluir
  6. Que projeto maravilhoso ♡ fiquei apaixonada.
    Tem coisas que não entendemos o porque ocorrem em nossa vida, eu também tinha muitos textos lindos e vários diários e hoje em dia não sei onde foram parar. Tinha um blog a qual eu postava sobre animes e hoje estou aqui. Juntando tudo que mais amo em um único blog ♡ maquiagem, livros, animes e muito mais kk
    Mas acho que naquela época eu nao tinha muita maturidade para ser uma influenciadora digital.
    Te desejo muitíssimo sucesso!
    Beijinho!

    www.segredosdajuhcosta.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juh acho que tudo acontece no tempo certo, nada é por acaso. Dá uma olhadinha no projeto, acabou a inscrição mas você pode acompanhar e aguardar as próximas inscrições. Obrigada! Bjs

      Excluir
  7. Essa é com certeza uma decisão muito importante já que ser uma influenciadora é algo que além de trazer um puta trabalho, também traz uma puta responsabilidade com toda a confiança que os leitores põe nessas influenciadoras! Boa sorte e sucesso!

    Samantha | E Aí Ferrá

    ResponderExcluir
  8. Menina no começo achei que tu tava falando era de mim kkkkkk , também odiava português, amava química,física e matemática, e também me formei em contábeis e também ja escrevi poemas , inclusive ganhei prêmios na escola é muita coincidência pqp rsrs , bem a medida que passamos amadurecemos e os planisfério mudam né, sucesso 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alaine você é minha gêmea? rsrs Ai que bom saber que você também é assim.rsrs Bate aqui amiga!!! Beijos

      Excluir
  9. Que linda a sua história. E que mania chata do povo achar que tudo que postamos é indireta. Eu sempre amei português, princialmente interpletação de texto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chato mesmo isso, fazer o que né, deixa o povo achar.rsrs Bjs

      Excluir
  10. Lu, não conhecia o projeto, mas ele parece ser incrível Hein? E sabe fico feliz que você tenha se tornado influenciadora, você tem um capricho tão grande com suas produções. Também já tive a fase de rasgar todas as minhas poesias e textos (naquela época não tinha computador era no papelzinho mesmo rs) como eu disse antes fixo Feliz em ter colegas como você que lutam todos os dias para melhorar o potencial e levar algo a mais para o seu público. Você merece todo o sucesso do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ly a minha época também era tudo escrito a mão, não existia computador, era só máquina de escrever.rsrs
      Obrigada pelo carinho, você me dão ânimo para continuar sabia, as dificuldades são muitas, mas quando escuto palavras como as suas eu penso que realmente eu não posso desistir. Obrigada! Bjs

      Excluir
  11. É curioso, e deixa-me uma sensação boa, descobrir que existem mais pessoas com o gosto pela escrita e que passam um bocadinho de si naquilo que criam, que escrevem. Eu também gostava muito de escrever poesia, letras de música quando era mais nova mas algures no tempo fui deixando esse lado meu de parte, e hoje o meu blog serve para isso: não só falar de coisas que adoro, mas como também manter (confesso) a minha escrita em dia e desanuviar um pouco.
    Continuação de muito sucesso. :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você pensa assim Naty. Eu acho que o nosso blog pode ter tudo o que gostamos, falar sobre o que gostamos nos faz bem e com certeza agrada porque passamos com muita verdade. Bjs

      Excluir
  12. Vejo que no meu blog posto texto que, talvez, não teria coragem de postar no meu perfil pessoal do Facebook, por exemplo, porque vejo da mesma forma que você, quando escrevemos algo, as pessoas acham que seja uma indireta, mesmo que aquilo não tenha absolutamente nada a ver com elas. É algo que também me incomoda, tanto que poucas pessoas sabem da existência do meu blog, é meu cantinho e muitas vezes, não quero dividi-lo com ninguém.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Tem muita gente que nem sabe que tenho blog, embora eu compartilhe algumas vezes no meu facebook pessoal. O ser humano é complicado né, não entendem mesmo.
      Bjs

      Excluir
  13. Que legal esse projeto, nunca tinha ouvido falar!
    Você escreve tão bem que nem dá pra acreditar que não gosta muito de português :O legal conhecer um pouquinho da sua história. E que bom que você não deixou que pessoas negativas te impedissem de continuar! Só achei uma pena você ter jogado coisas antigas que escreveu :/ mas entendo que as vezes a gente precisa se livrar de partes do passado para criar um novo futuro, né? Beijos ♥

    https://eueminhaestupidez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Nem eu sei o porquê joguei tudo fora, isso foi a tanto tempo atrás sabe. Hoje em dia, de vez em quando ainda escuto algumas coisas assim mas não me incomodam tanto como antes, eu ignoro e vou seguindo em frente. Acho que se eu joguei fora não eram para estar aqui comigo mesmo que seja por algum motivo que eu desconheço.
      Bjs

      Excluir
  14. Gostei dessa TAG, e acho que também me identifique bastante com muitas coisas que você contou aí. E quanto ao projeto, vou acessar lá para conhecer melhor. Ser influenciadora é bom demais, mas também precisamos estar preparadas para todo tipo de reação das pessoas, né?
    Beijos e tudo de bom para você! 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Eu acho que a blogosfera reflete o que acontece na vida mesmo, infelizmente as pessoas são assim. Estou aprendendo a lidar com isso. Obrigada! Bjs

      Excluir
  15. É sempre bacana esse tipo de tag porque a gente acaba conhecendo mais da blogueira-pessoa, não apenas a produtora de conteúdo. Mas sim, existe gente que parece ter prazer em complicar a vida das pessoas. :x O importante é continuar fazendo o que se gosta e não dar bola pra os outros. E escrever seus versos - isso é muito bacana, guria!

    ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Mia! O importante é a gente fazer o que a gente gosta. Bjks

      Excluir
  16. Poxa!! Que projeto maravilhoso, queria poder participar. Em relação a Tag foi ótimo conhecer mais uma pessoa que conta sua história do que passou para se tornar o que é agora. Acredito que tudo que acontece na nossa vida vem como escola, cada decisão, as vezes na hora não nos ajudará em nada , mais na frente, vai fazer sentido. Espero que adquira muito sucesso na sua jornada, pois vc merece. Bjo linda

    ResponderExcluir
  17. Adorei essa tag e gostei de saber um pouquinho da sua história, tem gente mesmo tão pequena a ponto de fazer essas coisas né !? Mas que bom que continuou e não deixou essas coisas atrapalhar

    ResponderExcluir



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *